Escolha o seu Destino

Dicas de Viagem

Temer um pouco menos a GRIPE SUÍNA

Seguindo informativo divulgado pelo Ministério da Saúde,segue em formato de perguntas e respostas bem objetivas, esse texto, para esclarecer as principais dúvidas sobre a Gripe Suína, pandemia que se tornou uma das maiores preocupações do mundo atual.


1 - Quanto tempo dura vivo o vírus suíno numa maçaneta ou superfície lisa?
 Até 10 horas. 
 

2 - Quão útil é o álcool em gel para limpar-se as mãos?
Torna o vírus inativo e o mata. 
 

3 - Qual é a forma de contágio mais eficiente deste vírus?
A via aérea não é a mais efetiva para a transmissão do vírus, o fator mais importante para que se instale o vírus é a umidade (mucosa do nariz, boca e olhos). O vírus não voa e não alcança mais de um metro de distancia. 
 

4 - É fácil de se contagiar em aviões?
Não. É um meio pouco propício para ser contagiado. 
 

5 - Então, como posso evitar a contaminação?
Não passar as mãos no rosto, olhos, nariz e boca. Não estar com gente doente... Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia. 
 

6 - Qual é o período de incubação do vírus?
Em média, de 5 a 7 dias. E os sintomas aparecem quase imediatamente. 
 

7 - Quando se deve começar a tomar o remédio?
Dentro das 72 horas e os prognósticos são muito bons. A melhora é de 100%.
 

8 - De que forma o vírus entra no corpo?
Por contato ao dar a mão ou se beijar no rosto e pelo nariz, boca e olhos. 
 

9 - O vírus é letal?
Não. O que ocasiona a morte do paciente é a complicação da doença causada pelo vírus, que é a pneumonia. 
 

10 - Que riscos têm os familiares de pessoas que morreram?
Podem ser portadores e formar uma rede de transmissão.

 

11 - A água de tanques ou caixas de água transmite o vírus?
Não, porque contém químicos e está clorada.
 

12 - O que faz o vírus quando provoca a morte?
Uma série de reações como deficiência respiratória. A pneumonia severa é o que ocasiona a morte. 
 

13 - Quando se inicia o contágio? Antes dos sintomas ou até que se apresentem?
Desde que se tem o vírus, ou seja, antes dos sintomas.


14 - Qual é a probabilidade de recair com a mesma doença?
De 0%, pois fica-se imune ao vírus suíno. 
 

15 -  Onde se encontra o vírus no ambiente?
Quando uma pessoa portadora espirra ou tosse, o vírus pode ficar nas superfícies lisas como maçanetas, dinheiro, papel, documentos, sempre que houver umidade. Já que não será esterilizado o ambiente, recomenda-se extremar a higiene das mãos.
 
17 - O vírus ataca mais às pessoas asmáticas?
Sim. São pacientes mais suscetíveis, mas ao se tratar de um novo germe, todos somos igualmente suscetíveis. 
 

18 - Qual é a população que está sendo atacado por este vírus?
Pessoas entre 20 e 50 anos.
 
19 -  É útil a máscara para cobrir a boca?
Existem alguns produtos de maior qualidade que outros, mas se você não está doente, usar a máscara  é pior, pois o vírus, pelo seu tamanho, atravessa a máscara, como se ela não existisse. Além disso, usar a máscara, sem se estar infectado, cria-se, na região entre o nariz e a boca, um microclima úmido, proprício ao desenvolvimento viral. Mas, atenção: se você já está infectado, use-a para não infectar aos demais, apesar de que é relativamente eficaz. 
 

20 -   Posso fazer exercício ao ar livre?
Sim. O vírus não anda no ar, nem tem asas. 
 

21 -   Serve para alguma coisa tomar Vitamina C?
Não serve para nada, no sentido de prevenir o contágio deste vírus, mas ajuda a resistir a seu ataque. 
 

22 - Quem está a salvo desta doença ou quem é menos suscetível?
A salvo não esta ninguém, o que ajuda é a higiene dentro de lar, escritórios, utensílios e não ir a lugares públicos. 
 

23 - O vírus se move?
Não. O vírus não tem nem patas nem asas. A pessoa é quem o coloca dentro do organismo, por meio das mãos, em contato com os próprios olhos, nariz ou boca. 
 

24 - Os animais de estimação pegam o vírus?
Este vírus não.
 

25 - Se vou ao velório de alguém que morreu desse vírus, posso me contagiar?
Não. 
 

26 - Qual é o risco das mulheres grávidas que contraírem este vírus?
As mulheres grávidas têm o mesmo risco, mas por dois (ela e o bebê). Elas podem tomar os antivirais, mas em caso de contágio e com estrito controle médico. 
 

27 - O feto pode ter lesões, se uma mulher grávida se contagia com este vírus?
Não sabemos que estragos podem fazer no processo, já que é um vírus novo. 
 

28 -  Posso tomar ácido acetilsalicílico (aspirina)?
Não é recomendável, pois pode ocasionar outras doenças, a menos que você tenha prescrição por problemas coronários, nesse caso siga tomando a aspirina.
 
29 - Serve para algo tomar antivirais antes dos sintomas?
Não serve para nada. 

30 - As pessoas com HIV, diabetes, câncer etc. podem ter maiores complicações que uma pessoa sadia, ao contrair o vírus?
Sim.


31 - Uma gripe convencional forte pode se converter no H1N1?
Não. 
 

32 - O que mata o vírus?
O sol, ficar exposto mais de 5 dias no meio ambiente, sabão, os antivirais, álcool em gel. 

 

33 - O que fazem nos hospitais para evitar contágios a outros doentes que não têm o vírus?
O isolamento. 

 

34 - O álcool em gel é efetivo?
Sim, muito efetivo. 

 

35 - Se estou vacinado contra a influenza estacional, sou inócuo a este vírus?
Não serve para nada, ainda não existe vacina para este vírus. 

 

36 - Este vírus está sob controle?
Não totalmente, mas estão tomando medidas agressivas de contenção.

 

37 - O que significa passar de alerta 4 a alerta 5?
A fase 4 não faz as coisas diferentes da fase 5, significa que o vírus se propagou de Pessoa a Pessoa em mais de 2 países; e fase 6 é que se propagou em mais de 3 países. 

 

38 -   Aquele que se infectou com este vírus e se curou fica imune?
Sim.

 

39 - As crianças com tosse e gripe têm influenza?
É pouco provável, pois as crianças são pouco afetadas. 

 

40 - Quais as medidas que as pessoas que trabalham devem tomar?
Lavar as mãos muitas vezes ao dia. 

 

41 -   Posso me contagiar ao ar livre?
Se há pessoas infectadas e que tussam e ou espirrem perto, pode acontecer, mas a via aérea é um meio de pouco contágio.
 
42 -   Pode-se comer carne de porco?
Sim. Não há nenhum risco de contágio.
 
43 - Qual é o fator determinante para saber se o vírus já está controlado?
Ainda que se controle a epidemia agora, no inverno boreal (hemisfério norte) pode voltar e ainda não haverá uma vacina.

Voltar